RSS

Bispo Emérito e Consultor Jurídico da CNBB profere palestra em Maçonaria

26 jun

O fato ocorreu no dia 01 de junho, conforme matéria do Jornal do Vale do Aço. O Bispo Emérito da Diocese Itabira-Coronel Fabriciano, Dom Lelis Lara, esteve na Loja Maçônica União de Ipatinga, em Ipatinga-MG e pregou a união entre a Igreja Católica e a Maçonaria.

Dom Lelis disse várias inverdades: Que a posição da Igreja sobre a Maçonaria teria mudado após o Concílio Vaticano II (com a justificativa de que o Código de Direito Canônico de 1983 não pune mais a associação à Maçonaria com a excomunhão), que depois do concílio o objetivo da Igreja é só aproximar de todas as pessoas do mundo sem preconceito (falso. O objetivo da Igreja continua o mesmo: evangelizar todos os povos), entre outras.

O bispo só se esquece de falar sobre toda a luta anticlerical e anticatólica da Maçonaria e reafirmar a posição da Igreja sobre ela, expressa na Declaração sobre a Maçonaria, publicada Congregação para a Doutrina da Fé quando seu prefeito era o então cardeal Joseph Ratzinger. Não custa lembrar que a declaração deve ser obedecida por todos os católicos:

Foi perguntado se mudou o parecer da Igreja a respeito da maçonaria pelo facto que no novo Código de Direito Canónico ela não vem expressamente mencionada como no Código anterior.

Esta Sagrada CongregaçAo quer responder que tal circunstância é devida a um critério redaccional seguido também quanto às outras associações igualmente não mencionadas, uma vez que estão compreendidas em categorias mais amplas.

Permanece portanto imutável o parecer negativo da Igreja a respeito das associações maçónicas, pois os seus princípios foram sempre considerados inconciliáveis com a doutrina da Igreja e por isso permanece proibida a inscrição nelas.  Os fiéis que pertencem às associações maçónicas estão em estado de pecado grave e não podem aproximar-se da Sagrada Comunhão.

Não compete às autoridades eclesiásticas locais pronunciarem-se sobre a natureza das associações maçónicas com um juízo que implique derrogação de quanto foi acima estabelecido, e isto segundo a mente da Declaração desta Sagrada Congregação, de 17 de Fevereiro de 1981 (cf. AAS 73, 1981, p. 240-241).

O Sumo Pontífice João Paulo II, durante a Audiência concedida ao subscrito Cardeal Prefeito, aprovou a presente Declaração, decidida na reunião ordinária desta Sagrada Congregação, e ordenou a sua publicação.

Roma, da Sede da Sagrada Congregação para a Doutrina da Fé, 26 de Novembro de 1983.

Joseph Card. RATZINGER
Prefeito

+ Fr. Jérôme Hamer, O.P.
Secretário


Anúncios
 
3 Comentários

Publicado por em 26 de junho de 2009 em CNBB

 

3 Respostas para “Bispo Emérito e Consultor Jurídico da CNBB profere palestra em Maçonaria

  1. Antonio Moral

    30 de abril de 2010 at 19:22

    Realmente este bispo emérito de Coronel Fabriciano prestou um grande desfavor aos católicos de sua cidade, só demonstra o como ele está longe das orientações pastorais da Igreja e como não deve ser acatado, já que ele próprio desrespeita a autoridade de seu superior hierárquico, o Papa, e promove o verdadeiro escândalo de ir até um templo de maçons falar besteiras, os católicos de Coronel Fabriciano que souberam do evento até hoje não engoliram a inda de Dom Lelis até aquele templo maçom e sua imagem é bem desgastada entre as irmandades católicas mineiras também.

     
  2. Marcelo Moura Coelho

    10 de agosto de 2010 at 17:34

    Antonio,

    Um bispo é sucessor dos apóstolos e como tal deve ser respeitado. Como bom fiel acate-o em tudo aquilo que não contraria a fé católica. Mais importante: Reze por ele.

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: