RSS

A Pseudocontrovérsia da Folha

14 abr

A Folha de São Paulo também entrou na onda de tentar inventar controvérsia durante a Semana Santa. No dia 10 de abril publicou matéria (ou aqui para assinantes) “denunciando” a Administração Apostólica Pessoal São João Maria Vianney de vender um DVD para ensinar padres a rezar a Liturgia da Semana Santa no rito Tridentino, que segundo o jornal estaria proibido até 2007. O vídeo ofenderia os judeus, segundo o jornal.

O jornal só esqueceu de falar que o vídeo foi produzido em 2005, antes, portanto, do papa Bento XVI ter mudado a oração pela conversão dos judeus. Por outro lado, é falso que a Santa Missa no rito Tridentino só foi permitida depois de 2007. O que ocorreu nesse ano foi o Motu Proprio Summorum Pontificorum, por meio do qual o papa liberou a celebração da Liturgia no rito Tridentino sem a necessidade da autorização do bispo local, prática que vigorava até então. Urge salientar que grupos como a próprio Administração São João Maria Vianney e a Fraternidade São Pedro já tinham licença para celebrar no rito Tridentino antes disso.

Qual a intenção do jornal em tentar gerar briga entre judeus e católicos?

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em 14 de abril de 2009 em Bento XVI, Imprensa, Papa

 

Uma resposta para “A Pseudocontrovérsia da Folha

  1. Danilo Badaró

    15 de abril de 2009 at 8:08

    Vi sua postagem no Guia de Blogs Católicos. Seria interessante que enviássemos cartas, como leitores, à Folha. Escrevendo de maneira respeitosa, informar a eles a verdade sobre esses fatos. O que acham?

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: